Hakuna Matata! :)

Não tenho muitas recordações de quando eu ainda era uma catatau de apenas 4 anos de idade, mas grande parte das minhas lembranças dessa época estão relacionadas à creche que eu frequentava: as tias da creche, e as atividades desse lugar, a comida, e tudo mais.

Eu simplesmente adorava! E as lembranças que ainda me restam desse tempo são bastante vívidas.

Quando ainda estava no Pré, aprendi a escrever minha primeira palavra: Macaco. E lembro-me que estava com o corpo ardendo por ter ficado tempo demais na minha piscina de plástico de mil litros (na época, era GIGANTE pra mim) no dia anterior. Minha professora de tão extasiada que ficou com meu feito, me deu um abraço apertadíssimo. Nem minha pele queimando em brasa, estragou a emoção aquele momento único. u_u’

Neste mesmo ano, meses mais tarde, peguei Caxumba. Fiquei 14 dias em casa. No dia do meu retorno para o meu “lugar feliz” me deparei com uma situação no mínimo estranha: Muitas sacolas e presentes, rostos de crianças felizes, rostos adultos molhados por lágrimas, e muito barulho. Confusa, acabei descobrindo que era o ultimo dia de aula. Já dá pra imaginar que minha tristeza foi imensa. =/ Desde cedo aprendemos que coisas boas tem data de validade pra acabar. E essa seria só a primeira de muitas.

=/

No período que frequentei essa Creche, (quantos anos foi mesmo manhê?), lembro-me que no meio da tarde, depois do almoço, todos os dias nós assistíamos a um filme, que era democraticamente escolhido entre a criançada. Os mais populares eram: Pocahontas, Pinóquio e Rei Leão. Mesmo assim, Rei Leão ganhava de lavada quase sempre.

The Win! o/

The Win! o/

E assim começa minha história de amor com a 32° longa de animação da Disney, que precisou de 800 artistas espalhados por 3 continentes diferentes e demorou mais de três anos pra ser feito! Desde criancinha sempre chorei na parte em que Mufasa morre. E depois de mais de 15 anos, a emoção em assistir à este filme é inimaginável.

Na creche, todos os dias, depois da “sessão”, nós íamos para o parquinho, para reproduzir as cenas mais importantes do longa. No escorregador éramos capazes de reviver o momento em que Scar soltava as patas de Mufasa para a morte. (Vide Ilustração). Outra parte muito famosa entre nossas encenações, era a cena em que Simba e Nalla estão na floresta lutando e se reconhecem depois de rolarem por um barranco. Também encenávamos a parte em que Scar joga brasa nos olhos de Simba, no caso utilizávamos areia. Nem preciso dizer que essa não era nossa parte preferida na brincadeira, e claro, alguém sempre saía chorando.

Mais ou menos isso!

Enfim, O Rei Leão desde sempre me emociona e ontem tive a oportunidade única de vê-lo no cinema. Claro, hoje meus olhos são outros, as mensagens são outras, os momentos de riso e as piadas também. Mas o sentimento que tenho por essa obra prima da Disney permanece a mesma. Só uma mensagem nevrálgica no filme que hoje me toca com muito mais força:

“Lembre-se de quem você é…”

Always

Anúncios

2 pensamentos sobre “Hakuna Matata! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s